Bonecas Antigas

Boneca MatrioshkaApesar das bonecas hoje serem bem mais ligadas ao mundo infantil, ao longo do tempo, elas passaram por várias mudanças e assumiram diferentes papeis na sociedade.

Há registros das primeiras bonecas na Civilização Babilônica e no Egito Antigo, onde eram feitas em madeira e tinham um significado místico. Na Grécia Antiga elas faziam parte de rituais antes do casamento. Na Alemanha, durante o século XV elas passaram a ser utilizadas como fim comercial. Em Paris, durante o século XIX se especializou na produção de bonecas feitas de madeira e porcelana, que reproduziam fielmente personalidades da corte e da sociedade as mulheres locais. Leia informações completas na página História das Bonecas.

Conheça agora a história de algumas dessas bonecas antigas e tradicionais:

Bonecas Bebês: São bonecas que têm fisionomia e tamanho de bebês, a cada dia que passa elas imitam ainda mais a realidade, algumas já choram e vêm com fralda e mamadeira, outras já fazem até xixi. Essas bonecas fazem muito sucesso entre as crianças mais novas, introduzindo a criança à maternidade.

Bonecas de Pano: São bonecas feitas de pano, de forma artesanal, simples e rudimentar com roupas costuradas e cabelo que normalmente são feitos de fio de linha de lã ou crochê. A Emília é uma popular boneca de pano, protagonista da obra Sítio do Pica-pau Amarelo escrita por Monteiro Lobato.

Bonecas de Papel: É uma boneca na qual figuras de papel são recortadas separadamente como roupas e acessórios e encaixadas na boneca. É uma opção barata e pode ser encontrada em revistas, almanaques e jornais. Hoje, elas também já são encontradas em formato digital.

Bonecas Matrioshka: São bonecas russas de vários tamanhos diferentes e decrescentes, uma é guardada dentro da outra, são coloridas e feitas de madeira de tília.

Bonecas de Porcelana: Algumas possuem só a cabeça de porcelana e o corpo de pano, outras são completamente feitas de porcelana. O século XIX foi a época mais esplendorosa da produção de bonecas com cabeças de porcelana e corpo de madeira, que reproduziam figuras da corte e da sociedade da época. Essas relíquias são bastante raras de se encontrar e possui uma legião de fãs e colecionadores.

Bonecos de Barro: São normalmente criados em miniatura e fazem referência ao cotidiano do sertão nordestino, os bonecos de barro mais famosos são os produzidos pelo Mestre Vitalino.

Marionetes: São bonecas controladas através de fios por alguma pessoa que geralmente fica oculta. Elas surgiram na França, no período da Idade Média.

Bonecos de Olinda: São bonecos bem grandes, com cerca de 3 metros de altura e podem pesar mais de 15 quilos que desfilam pelas ruas da cidade todo ano durante o carnaval de Olinda.

João bobo ou João Teimoso: É um boneco feito para quando o empurrarem, ele voltar e não cair. Normalmente são coloridos e têm fisionomia de palhaço.

Bonecos de Ventríloquos: São pessoas que conseguem projetar sua voz de forma que a voz pareça vir de outro lugar, abrindo o menos possível a boca. Elas controlam bonecos para fingirem que eles estão falando.

Bonecas Princesas Disney <<-- Bonecas Antigas -->> Bonecos de Personagens

Topo